Brinco de Princesa – Fuchsia hybrida

Brinco de Princesa - Fuchsia hybrida

Herbácea escandente, pertence à família Onagraceae, perene, de 1-2 metros de altura, de ramagem pendente e muito ornamental. Folhas grandes ou pequenas, variam dos tons escuros aos pálidos, inclusive do verde brilhante ao amarelo dourado, podem ser tanto de folha caduca como de folha perene, dependendo da espécie.

As espécies típicas são nativas maioritariamente da América do Sul, América Central, Nova Zelândia e Taiti.

A maioria das fuchsias encontradas nos jardins atualmente, são híbridos, obtidos através do cruzamento de diversas espécies e estima-se que existam hoje mais de 12.000 cultivares em uso, propagados por estacas, dado que as sementes não permitem propagar as mesmas características da planta original.

O fruto é uma baga pequena, cilíndrica, com coloração escura quando madura. As sementes são pequenas e numerosas.

Flores pendentes, com pedúnculos longos que as fazem orientar para baixo, podem ser simples ou dobradas, combinando branco, rosa, roxo, lavanda-azul, violeta, coral, salmão-laranja, vermelho e escalate. Surgem no verão e no outono, ou, no caso das espécies tropicais, durante quase o ano todo e são muito visitadas por beija-flores.

Brinco de Princesa - Fuchsia hybrida

Usada em paisagismo, apoiadas a grades e caramanchões e em vasos e jardineiras como planta pendente.

Clima: Tropical, Subtropical, Mediterrâneo. Apreciam o frio e se adaptam bem ao clima do Sul do país e das regiões de altitude da região Sudeste.

Prefere o sol peneirado, sob copa de árvores não muito densas. Em regiões mais frias, crescem até a pleno sol. Podem ser cultivadas em interiores bem iluminados.

Cultivada em solo fértil, rico em matéria orgânica enriquecido com farinha de osso, drenável e irrigado periodicamente no verão.

Recomenda-se adubar uma vez por ano, de preferência na primavera ou começo do verão, com esterco de gado bem curtido ou composto orgânico, enriquecido com farinha de osso. E a cada dois meses usar um fertilizante líquido NPK 4-14-8 seguindo orientação do fabricante.

Quando plantada em vaso, deve ser podada em metade de seus ramos, após o florescimento.

Multiplica-se por sementes e por estacas, preparadas no final da primavera ou começo do outono. As estacas devem ter de 8-10 cm de comprimento, de ramos jovens. Cortar logo abaixo de um nó e eliminar as folhas inferiores. Enterrar as estacas até a metade, numa mistura de partes iguais de terra vegetal e areia grossa, mantida úmida e coberta com plástico transparente. O enraizamento costuma ocorrer em 3-4 semanas. Quando a mudinha estiver com mais ou menos 10 cm, cortar a ponta da muda, para induzir o desenvolvimento de ramos laterais.

.

Brinco de Princesa - Fuchsia hybrida.

.

.