Calêndula – Calendula officinalis L.

Calendula - Calendula officinalis

Herbácea pertence à família Asteraceae, nativa das Ilhas Canárias e Mediterrâneo, de 40-60 cm de altura, com folhas ovaladas e espessas.

As flores são reunidas em capítulos solitários, densos, simples ou dobrados que duram de 7-8 dias e são sustentados por aster firmes em tons variáveis de amarelo e alaranjado, simples ou dobradas. Quando murcha, deve ser removida da planta para estimular nova floração.

Usada no jardim em maciços, bordaduras em vasos e como flor de corte.

As flores da calêndula abrem-se ao nascer do sol e fecham-se a noite.

Segundo folclore alemão, se a calêndula não se abrir até às 7 horas da manhã, é sinal que o dia será chuvoso.

Suas flores são muito usadas para fins medicinais, paisagísticos e culinários.

Clima subtropical, aprecia clima frio.

Deve ser cultivada sob sol pleno, em solo fértil, enriquecido com matéria orgânica, drenável e irrigado a intervalos regulares.

Em regiões de climas mais frios, a planta prefere sol pleno e em regiões mais quente meia-sombra.

Apesar de ser perene os canteiros devem ser renovados anualmente com novo plantio de mudas, devido a perda de vigor das plantas.

Multiplica-se por sementes semeadas no outono para florescerem no inverno e primavera.

.

Calendula - Calendula officinalis.

.