Flamboyanzinho – Caesalpinia pulbherrima

Flamboyanzinho - Caesalpinia pulbherrima

.

Arbusto, pertence à família Leguminasae, nativo das Antilhas, perene, crescimento rapido, de 3-4 metros de altura, copa de 2,5 m.

Caule lenhoso, liso, bastante ramificado e cheio de espinhos.

Folhas compostas, de coloração verde-clara e formato elíptico.

Flores na extremidade das brotações novas, vermelhas com estames longos. Há também uma variedade de flores amarelas. Surgem durante a primavera-verão e muito visitadas por borboletas.

Possui vagens, de coloração verde quando jovem e marrom quando madura, contém sementes arredondadas e achatadas.

Em paisagismo é usada isolada, em grupos formando maciços, como cerca viva e na arborização de parque, jardins e ruas, pois não danifica calçadas e nem a fiação elétrica.

Pode ser conduzida como uma arvoreta.

.

Cuidados com o Flamboyanzinho

Clima: Tropical, Subtropical. Não tolera geadas.

Cultivada a pleno sol, em solo fértil, rico em matéria orgânica e enriquecido com farinha de osso e bem drenado.

No início da primavera adubar com esterco de gado ou composto orgânico, enriquecido farinha de osso e no verão, usar adubo mineral NPK 4-14-8.

Nos primeiros 6 meses, o ideal é molhar o flamboyanzinho 2 vezes ao dia, pela manhã e no final da tarde, tomando cuidado para não encharcar o solo.

Multiplica-se por sementes, que precisam ser mergulhadas em água quente para quebrar a dormência.

.

Flamboyanzinho - Caesalpinia pulbherrima

.

Flamboyanzinho - Caesalpinia pulbherrima

 

Flamboyanzinho - Caesalpinia pulbherrima.

.