Flor de Lótus – Nelumbo nucifera

Flor de Lótus - Nelumbo nucifera

.

A flor de Lótus é associada à pureza espiritual e ao renascimento. Uma das flores mais belas, nasce em meio à lama, inspirando um caminho de purificação e de transcendência em relação a tudo que é considerado impuro no mundo.

Herbácea de rizomas tuberosos, pertence à família Nelumbonaceae, nativa do Japão, Filipinas, Índia e Austrália, aquática emersa, perene, folhagem e florescimento decorativo.

São popularmente conhecidas como “lótus” ou “flor de lótus”.

Folhas grandes de até 60 cm de diâmetro, arredondadas que se projetam acima da superfície da água, chegando a alcançar até 1,50 cm de altura. São apoiadas por longos pecíolos cilíndricos, numa conformação semelhante a de um guarda-chuva invertido.

.

Flor de Lótus - Nelumbo nucifera

.

Flores grandes de 15-30 cm de diâmetro, “perfumadas”, compreendem cerca de 20 pétalas, sustentadas por uma haste longa, que excedem as mais altas folhas, em tons de branco e rosa, com muitos estames no centro. 

Em alguns relatórios “não” verificados, constam de Lótus com altura acima de 5 metros.

.

Flor de Lótus - Nelumbo nucifera

.

As flores abrem-se no início da manhã e fecham-se no meio da tarde, duram cerca de dois dias, para depois a flor perder todas as pétalas, permitindo que o fruto fique exposto. Surgem no verão e são polinizadas por insetos.

.

Flor de Lótus - Nelumbo nucifera

.

Fruto grande, perfurado, com sementes comestíveis, quando secos são amplamente vendidos para fins decorativos.

Planta muito usada em rios, lagos, tanques e espelhos d’água.

.

Flor de Lótus - Nelumbo nucifera

.

“No tempo dos antigos egípcios, a planta era considerada sagrada. O deus da lótus azul no antigo Egito era Nefertem. Ele oferecia a lótus ao deus do sol Ra, para acalmar as dores do seu corpo envelhecido. Os antigos egípcios apreciavam a flor não apenas pelo seu cheiro agradável, mas também pelas suas qualidades curativas. Muitas imagens egípcias mostram mulheres segurando a flor e cheirando a sua fragrância divina”.

Adaptada às margens de rios calmos, as lótus vivem com seus rizomas vigorosos embutidos no lodo. Embora prefira águas rasas, a planta pode sobreviver até 2,4 m profundidade. Em lagos artificiais, são plantadas em vasos.

Para plantar a flor de lótus, usa-se um recipiente específico de plástico vazado, com capacidade de 3-4 litros. Usar uma mistura de 1/3 de terra comum, 1/3 de composto orgânico e 1/3 de areia lavada. Este recipiente permite que a água circule através do substrato, fornecendo a planta oxigênio e nutrientes.

.

Flor de Lótus - Nelumbo nucifera

.

Inicialmente, o vaso deve ser colocado sobre uma pilha de tijolos de modo que, as folhas flutuem na superfície da água. À medida que a planta amadurece, retire uma camada de tijolo de cada vez, levando a planta para o fundo do tanque até que a profundidade desejada seja atingida.

Em uma lagoa natural a acumulação de húmus na parte inferior é suficiente para manter o crescimento. Em lagos artificiais, especialmente para plantas cultivadas em recipiente, é importante adicionar nutrientes suficientes para a planta, para isso, enterre pastilhas de fertilizante no solo do vaso.

.

Flor de Lotus anã

Folhas de 5-8 cm de diâmetro, que se projetam acima da superfície da água. Flores de 8-10 cm.

Usar um vaso de 30 cm largura e 25 cm de altura, adicionar uma camada de 5 cm de solo argiloso no fundo, colocar o rizoma, de modo que as pontas fiquem para cima e cobrir com 1 cm de brita. Colocar o vaso em local que receba cerca de 8 horas diárias do sol por dia.

Flor de Lótus - Nelumbo nucifera

.

.