Flor de Santo Antônio – Cuphea ignea

Flor de Santo Antônio - Cuphea ignea

.

Subarbusto, pertence à família Lythraceae, nativa do Sul do México e Caribe, perene, de rápido crescimento, de ramagem fina e densa, com até 60 cm de altura e florescimento vistoso.

Folhas opostas, simples, lanceoladas, verdes, de 3,5 cm de comprimento, que cobrem densamente as hastes lenhosas.

Flores solitárias, axilares, pequenas e tubulares, de até 2 cm de comprimento, na cor vermelho-alaranjado com as extremidades da corola em tom arroxeado e mesclas esbranquiçadas. Ocorre uma variedade de flores de cor branco-suja. Surgem praticamente o ano inteiro e atraem borboletas e beija-flores.

O nome popular flor de Santo Antônio, foi inspirado pela semelhança da flor, com a imagem do religioso vestindo uma batina. Também conhecida como cigarro aceso.

Em jardins pode ser usada entre pedras, como bordadura de canteiros e caminhos ou compondo maciços, assim como em vasos e jardineiras.

.

Cuidados com a Cuphea

Clima: Subtropical, Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico. Tolerante ao frio subtropical de baixa altitude.

Aprecia o sol direto, mas em regiões muito quente, deverá ser plantada em locais que receba apenas o sol da manhã, o sol forte poderá queimar as pontas das folhas.

Cultivada em solo fértil, rico em matéria orgânica, bem drenado e mantido úmido, mas não encharcado. Quando estabelecida, suporta um leve período de seca.

Durante o período de crescimento usar adubo líquido NPK 4-14-8, a cada duas semanas.

A Flor de Santo Antônio é uma planta perene, mas deve ser renovada à cada 2 ou 3 anos, porque perde o vigor e a beleza com o tempo.

É recomendado fazer podas com regularidade, para uma planta mais cheia e compacta.

.

Propagação

Multiplica-se por sementes e facilmente por estacas.

.Flor de Santo Antônio - Cuphea ignea..

.