Ixora – Ixora coccinea

Ixora - Ixora coccinea

.

Arbusto lenhoso, pertence à família Rubiaceae, nativa da Ásia Tropical e Madagascar, perene, com ramagem densa de até 2,5 metros de altura, com ramos eretos.

Folhas coriáceas, sem pecíolos nascem de lados opostos nos ramos.

Inflorescências terminais longas, eretas, grandes, com numerosas flores inodoras e de aspecto tubular, que se abrem em rosetas. Apresenta muitas variedades com flores em diversos matizes de amarela, vermelha, laranja ou cor-de-rosa. Surgem na primavera-verão e são muito visitadas por beija-flores

A Ixora coccinea é usada em jardins, isolada como ponto focal ou em conjunto formando maciços, cercas vivas, em renques acompanhando grades, paredes; também em vasos e jardineiras.

.

Cuidados com a Ixora coccinea

Clima: Tropical, Subtropical. Não tolera frio, inverno inferior a 15 graus pode afetar seu desenvolvimento.

Em regiões de climas mais frios, a planta prefere sol pleno e em regiões mais quente meia-sombra. Apresenta florescimento mais intenso em regiões de clima quente e úmido

Rústica quanto ao solo, mais aprecia solo fértil, rico em matéria orgânica e enriquecido com farinha de osso. O pH = 5, mais ácido, é o ideal para o seu crescimento.

O solo deve ser bem drenável com regas diárias na primavera-verão, mas sem encharcamentos.

Adubar 2 vezes ao ano, no início da  primavera com farinha de osso e composto orgânico e no verão com NPK 04-14-08.

Fazer podas logo após a floração para estimular o crescimento. Floresce na ponta dos ramos, então podas fora de época, diminuirá o número de inflorescências.

Multiplica-se por meio de estacas de 10 centímetros, retiradas de galhos jovens e firmes na primavera. Cobertas com plástico transparente colocadas sob luz filtrada até a brotação, o enraizamento ocorre em cerca de 6 semanas.

.

Ixora - Ixora coccinea

.

.