Louro-cerejo – Prunus laurocerasus

Louro-cerejo - Prunus laurocerasus

.

Arbusto, pertence à família Rosaceae, nativa da Europa e Ásia, perene, de crescimento rápido, vigorosa, de até 5 metros de altura e 4 metros de largura.

Folhas verde-escuras, brilhante, alongadas, ovais, de 10-18 cm de comprimento.

Inflorescências de 10-12 cm, formadas por pequenas flores brancas, muito perfumadas. Surgem na primavera e atraem abelhas e borboletas.

Frutos ovóides vermelhos, tornando-se pretos quando maduros. São muito apreciados por pássaros.

Usado na decoração de parques e jardins como planta isolada ou em conjunto na formação de maciços. Também na formação de sebes, podadas ou não, principalmente para divisão de ambientes e como quebra vento.

.

Cuidados com o Louro-cerejo

Clima: Subtropical, Temperado, Mediterrâneo. Tolera geadas.

Cultivada a pleno sol ou meia sombra, aceita a maioria dos tipos de solo, porém aprecia o solo fértil, rico em matéria orgânica.

O solo deve ser bem drenado e mantido úmido.

Louro-cerejo reponde bem à podas, sendo muito usado na arte da topiária

.

Planta Tóxica

Folhas, frutas e todas as partes do louro-cerejo são tóxicas. Elas contêm ácido cianídrico. As folhas não devem ser queimadas.

.

Propagação

Multiplica-se por sementes no outono e por estacas semi-lenhosas do final do verão ao fim do outono e estacas lenhosas do final do outono ao final do inverno.

.

Louro-cerejo - Prunus laurocerasus

.

Louro-cerejo - Prunus laurocerasus

 

.