Palmeira azul – Bismarckia nobilis

Palmeira azul – Bismarckia nobilis

.

Palmeira, pertence à família Arecaceae, nativa de Madagascar, perene, de crescimento lento, de até 12 metros de altura, mas em seu habitat natural pode chegar à 25 m.

Folhagem de cor cinza azulada, bastante chamativa, palmadas e plissadas, de até 2 metros de diâmetro. As folhas formam uma copa densa, quase esférica de até 7,5 m de largura, que se apoiam em um único tronco de 30-45 cm de diâmetro, mostrando o recorte na base, das folhas velhas que caíram.

Produzem frutos em grande quantidade no verão, de formato meio arredondado, de cor marrom escura a preta quando maduros.

Inflorescências interfoliares, pendentes, ramificadas e com numerosas flores de cor marrom. Surgem na primavera. Planta dióica, há exemplares de plantas femininas e plantas masculinas com floração muito similar.

A Palmeira Azul é usada em jardins amplos, contemporâneos ou tropicais, em pontos de evidência e quando usadas em grupos ou renques, reservar um espaço de mais ou menos 8 metros quadrados para cada planta. Pode ser cultivada em ambiente interno, em vaso apropriado e com muita luminosidade.

Existe uma variedade de folha verde, sua cultura é tão diferente da forma azul, que parece uma espécie totalmente diferente.

.

Cuidados com a Palmeira Azul

Clima: Tropical, Subtropical. Suporta o inverno de até 10°C.

Esta é uma grande palmeira de porte majestoso, sua aparência fica incrível em clima tropical. É altamente tolerante do calor intenso, onde seu crescimento é mais rápido e sua coloração mais intensa.

Cultivada a pleno sol, em solo fértil (mas suporta solos de baixa fertilidade). Bem drenável, mas mantido úmido, não tolera o encharcamento.

Multiplica-se por sementes oriundas de frutos recém colhidos e despolpados, plantadas em seguida em saquinhos contendo substrato arenoso e mantido úmido. A germinação ocorre entre 6-8 semanas.

.

Palmeira azul – Bismarckia nobilis

.

Palmeira azul – Bismarckia nobilis

.

.