Resedá – Lagerstroemia indica

reseda-lagerstroemia-indica

Arbusto, pertence à família Lythraceae, nativa da China, Coréia, Japão e Índia, perene, tronco de casca lisa, marrom ou cinza claro, dificilmente chega a 5 metros de altura, mas pode chegar a 10 metros. Folhas elípticas, com bordas onduladas, caduca em regiões de clima frio.

reseda-lagerstroemia-indica

Inflorescências com inúmeras flores crespas de coloração branca e em várias tonalidades de rosa, roxa e vermelha. “As flores se formam na ponta dos ramos que foram podados no inverno”. Surgem quase o ano todo mas em maior quantidade no verão.

Planta usada isolada ou em conjunto em jardins, praças, calçadas e em vasos grandes. Suas raízes não são agressivas.

reseda-lagerstroemia-indica

A forma da planta depende de como será conduzida.

Tronco único – O tronco único é obtido com a poda adequada. Basta escolher a haste mais reta e remover qualquer galho que saía do chão, aparar qualquer broto lateral que surja no tronco. Se precisar coloque um tutor.

Multi-Tronco – Para conseguir a aparência multipla, escolher algumas hastes e remover o resto, ou deixar todas as hastes e retirar apenas os brotos laterais.

Aparência Natural – Permitir a planta crescer em sua forma natural de arbusto, se ramificando e espalhando desde a base. Neste caso, as flores, são em cachos menores, mas extremamente numerosos e cobrem todo o arbusto.

Se desejar prolongar a época de floração do Resedá, remova todas as pontas com flores mortas e vagens (sementes), regar bastante e fertilizar.

Uma técnica usada por paisagistas é fazer uma poda drástica no Resedá no fim do inverno, removendo até 50% da planta (mais de 50% a planta desidrata), porque é rápido, relativamente fácil, a planta quase sempre se recupera e garante um crescimento novo, isso garante um formato mais adequando, incentiva surgir cachos com flores maiores e mais vistosas, porém em menor número.

Clima: Tropical, Subtropical, Temperado, Continental, Mediterrâneo, Oceânico. Resistentes à geada.

Planta rústica e se adapta em solos de baixa qualidade, desde que bem drenado e mantido úmido, com um pH ideal entre 5,0 e 6,5, mas se desenvolve melhor em solo fértil, rico em matéria orgânica acrescido de pó de osso.

A água da chuva e suficiente, mas se for regada diáriamente no verão, terá uma quantidade maior de flores. Não tolera o encharcamento.

“Devido à massa foliar reduzida fica restrita à somente a função ornamental, seu plantio tem sido desencorajado em planos diretores desenvolvidos para diversas cidades brasileiras”.

Adubar duas vezes ao ano, uma com adubo orgânico nos meses secos e outra com adubo inorgânico NPK 4-14-8, nos meses chuvosos.    

Multiplica-se por sementes e por estacas de galhos, colocadas para enraizar no inverno.

reseda-lagerstroemia-indica

.