Vinca minor – Vinca minor

Vinca minor - Vinca minor

.

Herbácea, pertence à família Apocynaceae, nativa Sul da Europa e Ásia Menor, perene, de crescimento rápido, com ramos longos e finos, com 15-25 cm de altura e de folhagem ornamental.

Folhas persistentes, glabras, oval-lanceoladas, de cor verde-escura, brilhantes e margens inteiras.

Flores solitárias, axilares, longo-pedunculadas, azuis e aparecem acima da folhagem, criando um efeito tranquilo. Surgem na primavera, até meados do verão.

.

Vinca minor - Vinca minor

.

Planta muito variável, com numerosas variedades hortícolas (cultivares), destacando-se: Alba, de flores brancas; Atropurpúrea, de flores azul-escuras; Flore-pleno, de flores dobradas; Rósea, de flores rósea; Áureo variegata; Argenteo-variegata e Variegata, de folhas verde amareladas.

Em jardins a Vinca minor é usada como planta pendente em vasos e jardineiras, também como forração, em grupos formando maciços densos para revestimento do solo.

Vinca menor se espalha rastejando pelo chão e enraizando em cada nó que toca a superfície. Isto faz com que seja uma excelente planta para o controle da erosão nas encostas.

.

Cuidados com a Vinca minor

Clima: Subtropical, Temperado. Aprecia o frio, não se desenvolvendo bem em regiões tropicais.

Cultivada a meia sombra, em solo fértil, rico em matéria orgânica, bem drenado e mantido úmido. Quando estabelecida, a vinca menor é tolerante ao curto período de calor e seca.

Rústica não precisa de adubo, mas para maiores floradas, usar NPK 4-14-8, durante o período de floração, seguindo orientação do fabricante.

Recomenda-se fazer podas na primavera, removendo 1/3 de seu tamanho.

Em algumas áreas, Vincas podem-se tornar invasivas.

Multiplica-se por divisão da planta e por estacas durante o verão.

.

Vinca minor - Vinca minor

.

Vinca minor - Vinca minor

.

.